Anel Solitário

Anel Solitário




Solitário Noivado com 30 Pontos de Diamantes - 018...

FRETE GRÁTIS

R$ 3.128,00 à vista no boleto ou

10x de R$ 368,00 sem juros

Solitário em Ouro 18k 750, com 40 pontos de Diaman...

FRETE GRÁTIS

R$ 5.737,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 675,00 sem juros

SOLITÁRIO DE NOIVADO COM DIAMANTES - 190SOL (1708H...

FRETE GRÁTIS

R$ 7.573,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 891,00 sem juros

SOLITÁRIO DE NOIVADO COM DIAMANTE PRINCESS - 191SO...

FRETE GRÁTIS

R$ 4.887,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 575,00 sem juros

Solitário de Noivado com Diamante de 30 Pontos - ...

FRETE GRÁTIS

R$ 4.632,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 545,00 sem juros

Solitário de Noivado - Ouro 18k com Diamantes - 02...

FRETE GRÁTIS

R$ 8.194,00 à vista no boleto ou

10x de R$ 964,00 sem juros

SOLITÁRIO DE NOIVADO - OURO 18K 750 - 193SOL (0430...

FRETE GRÁTIS

R$ 9.205,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 1.083,00 sem juros

SOLITÁRIO COM DIAMANTES PRINCESS - 166SOL (1408H)

FRETE GRÁTIS

R$ 4.819,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 567,00 sem juros

SOLITÁRIO COM DIAMANTES EM OURO 18K COM DIAMANTES ...

FRETE GRÁTIS

R$ 6.085,15 à vista no boleto ou

10x de R$ 715,90 sem juros

Solitário com Diamantes - Ouro 18k - 0164SOL

FRETE GRÁTIS

R$ 7.633,00 à vista no boleto ou

10x de R$ 898,00 sem juros

Solitário com Diamantes - Ouro 18k - 0181SOL

FRETE GRÁTIS

R$ 6.706,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 789,00 sem juros

SOLITÁRIO COM DIAMANTES - 143SOL (1642H)

FRETE GRÁTIS

R$ 9.137,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 1.075,00 sem juros

Solitário com Diamante Prince - Ouro 18k 750 - 0...

FRETE GRÁTIS

R$ 4.522,00 à vista no boleto ou

10x de R$ 532,00 sem juros

Solitário com Diamante de 50 Pontos - 0083SOL (071...

FRETE GRÁTIS

R$ 10.497,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 1.235,00 sem juros

ANEL DE NOIVADO COM DIAMANTES PRINCESS - 175SOL (1...

FRETE GRÁTIS

R$ 7.573,50 à vista no boleto ou

10x de R$ 891,00 sem juros




As alianças de compromisso ou alianças de noivado só começaram a ser usados em 1477 por imposição do Papa Inocente III, que determinou que a aliança de noivado ou compromisso serviria para observar o período que iria do pedido de casamento até a data da realização da cerimônia.
Mary de Burgundy foi a primeira noiva da história a usar uma aliança de brilhantes como sinal de amor e união duradoura. A iniciativa de presenteá-la com um anel de diamantes foi de seu noivo, o Arquiduque Maximilan da Áustria, em 1477.

Apesar de todas essas indefinições, há historiadores que dizem que os judeus já usavam a aliançacomo forma de matrimonio muito antes de os cristãos começarem a usá-la em suas cerimônias. No começo, a aliança também servia como um certificado de propriedade. Isso mesmo, a aliança nada mais era do que um contrato que dizia que o noivo havia comprado a noiva. Ou seja, ela não estaria mais disponível para nenhum outro pretendente.

Hoje em dia, a aliança tem quase o mesmo propósito. Os casais usam alianças de noivado ou alianças de namoro para mostrar para a sociedade que não estão mais disponíveis para novos pretendentes. É  um significado, digamos  que mais moderno de ‘reserva’ de uma pessoa.
Algumas crenças surgiram em torno da aliança de casamento. Por exemplo, os escoceses acreditam que as mulheres que perdem a aliança de casamento estão condenadas a também perder o marido. Isso  prova a importância que a aliança de casamento tem em certas sociedades.

As alianças de noivado são feitas de ouro e usadas no anelar direito, passando para o esquerdo no dia do casamento. O costume de usar o anel no dedo anelar da mão esquerda parece ligado a uma crença antiga. Acreditava-se que neste dedo existia uma veia que ia direto para o coração. O dedo anelar esquerdo tornou-se, assim, o dedo da aliança de casamento em diversas culturas.

Um anel de noivado deve ter pelo menos um diamante. O diamante é o símbolo dos apaixonados. Na Antiguidade, o diamante era chamado “Pedra de Vénus”. A Deusa Vénus, pois ela é a Deusa do Amor e da prosperidade. O nome dado ao diamante advinha do seu intenso brilho, que era relacionado com o resplandecente brilho do planeta Vénus. Assim, sendo que Vénus representava o amor, os diamantes passaram a ser vistos como objetos advindos de Vénus e por isso relacionados com o feminino e com a paixão.

Na Grécia, o diamante era chamado de “adamas”, que significa: eterno, invencível. Pois na verdade o amor é eterno, e também o são os diamantes, símbolos da eternidade desta Deusa que apesar de todas as lutas para ser apagada da história, jamais se desvaneceu.

O diamante foi caracterizado como jóia da noiva a partir do século XV. Do século XVII ao XIX, usavam-se argolões como anéis de noivado. No século XX, ficou em moda o “chuveiro” de diamantes, mais tarde a aliança de diamantes e depois o solitário, sendo este o estilo mais usado atualmente.